ImageChef Custom Images

O INTUITO DO MEU BLOG É INFORMAR,TROCAR EXPERIÊNCIAS,IDÉIAS E CONTAR SOBRE MINHA TRAJETÓRIA.O BLOG SE REFERE A OBESIDADE,CIRURGIA BARIATRICA,EMAGRECIMENTO,AUTO ESTIMA,SAÚDE,BOA FORMA E AFINS.

SEJAM SEMPRE BEM VINDOS!
"...quero chamar a atenção de quem pretende emagrecer,tudo envolve uma verdadeira mudança de filosofia de vida, novas visões, novos objetivos, novos comportamentos."



"SEM ESFORÇO NÃO EXISTE RESULTADO"



"EU QUERO,EU POSSO,VOU CONSEGUIR"

use como um mantra...boa sorte!

domingo, 24 de outubro de 2010

TRISTEZA

Nossa,fui na psicóloga...que decepção...bem diferente dos outros profissionais ela não me passou confiança nenhuma,os outros já falavam na cirurgia,como funcionaria e como deveria me comportar,como se já estivesse no protocolo.Ela não...disse que eu não estou no protocolo e que nessa primeira consulta não poderia me avaliar,que eu deveria voltar daqui 15 dias e talvez seria necessário uma avaliação com o psiquiatra devido meu histórico de síndrome do pânico e depressão.Essa enrolação toda que me dá depressão...rs...para uma pessoa magra é muito fácil falar e julgar...só um obeso sabe o que passamos...fazer o que?Lutar!Se não der certo pela Amil,procurarei o SUS e o ICS...DESISTIR,NUNCA!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

2º encontro com a nutricionista

Ontem fui ao 2º encontro com a nutricionista,fiquei meio tristonha pois engordei 500g...rs...as pacientes que estavam lá,já estavam no protocolo da Amil há mais de um ano e isso me deixou muito apreensiva...pois estou muito ansiosa para a cirurgia e acho esse tempo de espera longo demais...mas fazer o que?Dia 19/10 é minha primeira consulta com a psicóloga,vamos ver o que vai dar...Tenho que mostrar a equipe que mereço fazer a cirurgia...rs...então tenho que perder peso primeiramente,isso indicará que estou seguindo as orientações da equipe,principalmente da nutricionista.Comecei a substituir o açúcar pelo adoçante,agora vou passar para o leite desnatado e o requeijão magro...mas o que me mata é ficar sem o chocolate...infelizmente ainda não consigo...sniff.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

FELICIDADE...

Há muito tempo não me sentia tão feliz...hoje recebi um telefonema falando que estou no protocolo da cirurgia bariátrica do meu plano de saúde...uhu!notícia melhor não há!Marcaram a nutricionista e a psicóloga que estava tão difícil...agora é só enfrentar os 6 meses de acompanhamento pré-cirúrgico para á preparação.Agora depende de mim...do meu esforço para perder os 10% do peso e mostrar para a equipe multi disciplinar que estou preparada para a tão esperada cirurgia.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

PRECONCEITO COM O GORDO

De todas as formas de discriminação, a que ronda as mulheres gordas talvez seja a mais perversa. Atitudes racistas ou homofóbicas são publicamente condenáveis. Por outro lado, parece que não há nada de errado em fazer piadas de mau gosto sobre a aparência dessas pessoas. Diferente do negro e do gay, o gordo raramente é poupado de comentários sobre o fato de ter emagrecido ou não - como se isso fosse o equivalente a ter mudado a cor dos cabelos. O preconceito aparece em diversas situações. No caso da mulher, a gorda é 'simpática' ou, no máximo, 'tem um rosto bonito'. Se quiser andar na moda, tem que fazer roupa sob medida porque o GG não costuma freqüentar as araras dos bons estilistas. Se for disputar uma vaga de trabalho, precisa torcer para que nenhuma magra queira o mesmo posto. E, se resolver malhar na academia, vai ter que superar a incômoda sensação de que é o centro das atenções. Porque o mundo não perdoa quem está fora das medidas.

"A herança da tendência à obesidade não é diferente daquela que explica por que existem pessoas altas e outras de baixa estatura. Num mundo sedentário, com alimentos deliciosos ao alcance da mão, considerar a obesidade um problema de caráter é pura ignorância. Perder peso é empenhar-se numa batalha contra a biologia da espécie humana. Só os obstinados são capazes de vencê-la."

Drauzio Varella ('Folha de S.Paulo', em 2004)


A TRISTE REALIDADE
Com a auto-estima abalada, existem duas tendências sociais angustiantes para pessoas acima do peso ideal; uma é a grosseira e desumana discriminação estética e a outra é encarar o obeso como uma pessoa que não tem força de vontade e que ele é assim por que é preguiçoso.Sofremos pois somos ponto de referência(aquela gorda ou você vai ficar igual fulano ou ainda eu sou igual a fulana...) Algumas vezes, isto gera preconceito em relação à pessoa obesa, dificuldades para relacionamentos sociais e afetivos, problemas para encontrar emprego e até mesmo quadros psiquiátricos conseqüentes desta marginalização.Conhecço muita gente que entrou em depressão devido ao fato de estar acima das medidas convencionais.Infelizmente essa é a nossa triste realidade.
Priscila Bruno.
 

EU ERA ASSIM...

EU ERA ASSIM...
pesava entre 55kg e 65kg que foi meu maior peso até então!

antes de engordar + - em 2000

VÍDEOS INTERESSANTES::

Loading...

EU RECOMENDO:


Bye Bye Gordura

Postagens populares