ImageChef Custom Images

O INTUITO DO MEU BLOG É INFORMAR,TROCAR EXPERIÊNCIAS,IDÉIAS E CONTAR SOBRE MINHA TRAJETÓRIA.O BLOG SE REFERE A OBESIDADE,CIRURGIA BARIATRICA,EMAGRECIMENTO,AUTO ESTIMA,SAÚDE,BOA FORMA E AFINS.

SEJAM SEMPRE BEM VINDOS!
"...quero chamar a atenção de quem pretende emagrecer,tudo envolve uma verdadeira mudança de filosofia de vida, novas visões, novos objetivos, novos comportamentos."



"SEM ESFORÇO NÃO EXISTE RESULTADO"



"EU QUERO,EU POSSO,VOU CONSEGUIR"

use como um mantra...boa sorte!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

PRECONCEITO COM O GORDO

De todas as formas de discriminação, a que ronda as mulheres gordas talvez seja a mais perversa. Atitudes racistas ou homofóbicas são publicamente condenáveis. Por outro lado, parece que não há nada de errado em fazer piadas de mau gosto sobre a aparência dessas pessoas. Diferente do negro e do gay, o gordo raramente é poupado de comentários sobre o fato de ter emagrecido ou não - como se isso fosse o equivalente a ter mudado a cor dos cabelos. O preconceito aparece em diversas situações. No caso da mulher, a gorda é 'simpática' ou, no máximo, 'tem um rosto bonito'. Se quiser andar na moda, tem que fazer roupa sob medida porque o GG não costuma freqüentar as araras dos bons estilistas. Se for disputar uma vaga de trabalho, precisa torcer para que nenhuma magra queira o mesmo posto. E, se resolver malhar na academia, vai ter que superar a incômoda sensação de que é o centro das atenções. Porque o mundo não perdoa quem está fora das medidas.

"A herança da tendência à obesidade não é diferente daquela que explica por que existem pessoas altas e outras de baixa estatura. Num mundo sedentário, com alimentos deliciosos ao alcance da mão, considerar a obesidade um problema de caráter é pura ignorância. Perder peso é empenhar-se numa batalha contra a biologia da espécie humana. Só os obstinados são capazes de vencê-la."

Drauzio Varella ('Folha de S.Paulo', em 2004)


A TRISTE REALIDADE
Com a auto-estima abalada, existem duas tendências sociais angustiantes para pessoas acima do peso ideal; uma é a grosseira e desumana discriminação estética e a outra é encarar o obeso como uma pessoa que não tem força de vontade e que ele é assim por que é preguiçoso.Sofremos pois somos ponto de referência(aquela gorda ou você vai ficar igual fulano ou ainda eu sou igual a fulana...) Algumas vezes, isto gera preconceito em relação à pessoa obesa, dificuldades para relacionamentos sociais e afetivos, problemas para encontrar emprego e até mesmo quadros psiquiátricos conseqüentes desta marginalização.Conhecço muita gente que entrou em depressão devido ao fato de estar acima das medidas convencionais.Infelizmente essa é a nossa triste realidade.
Priscila Bruno.
 

2 comentários:

  1. Esses dias sofri preconceito no trabalho...até falaram que minha filha(que tem apenas 1 ano e 2 meses)ficaria igual a mim e teria que fazer a cirurgia futuramente.Santa ignorância!

    ResponderExcluir
  2. Po achei muito legal esse seu blog

    ResponderExcluir

EU ERA ASSIM...

EU ERA ASSIM...
pesava entre 55kg e 65kg que foi meu maior peso até então!

antes de engordar + - em 2000

VÍDEOS INTERESSANTES::

Loading...

EU RECOMENDO:


Bye Bye Gordura

Postagens populares